PT de Nova Olinda lança nota acerca dos fatos envolvendo a administração pública


PT de Nova Olinda lança nota acerca dos fatos envolvendo a administração pública. (FOTO/Divulgação).

O Partido dos Trabalhadores (PT) do município de Nova Olinda, na microrregião do cariri oeste, a partir do seu diretório, lançou na tarde desta sexta-feira, 1º de março, nota em que se manifesta sobre os últimos acontecimentos políticos envolvendo os grupos que estão no poder.


A nota tem como pano de fundo o afastamento no último dia 14 de fevereiro do prefeito Afonso Sampaio (PSD) pela Câmara suspeito de compra irregular de combustível. Por ela, o diretório afirma que “os fatos” dos últimos dias que marcaram a administração municipal “estão pautados mais no interesse pessoal dos dois grupos políticos que se revezam há mais de 30 anos no poder do que no bem-estar do nosso povo”.

O texto reconhece a vitória dos eleitos descrevendo que apesar do povo conhecer o perfil dos candidatos vitoriosos, ele (povo) é soberano. Mas o diretório é taxativo ao afirmar que o que causa surpresa “é que somente agora os vereadores passaram a fiscalizar o chefe do poder executivo, somente quando foi impetrada contra si dois pedidos de cassação, os quais, por sinal, partiram de cidadãos sem cargo eletivo”.

O vice-prefeito Ítalo Alencar, hoje prefeito em exercício, também foi alvo de críticas. “Do mesmo modo, o que fez o prefeito interino nestes dois anos de governo? Sabemos que o vice assume o cargo titular em caso de vacância, porém, sua função vai além disso, é seu deve auxiliar na administração, discutindo e definindo em conjunto as melhorias para o município. No entanto, parece que, até a última semana, o senhor Italo Brito desconhecia a cidade na qual foi eleito em 2016 e a ineficiência da administração da qual fez parte por 2 anos”, destacou a nota.

O texto é finalizado afirmando que o PT local irá trabalhar para viabilizar candidatura própria no pleito de 2020 e “terá como princípio fazer uma administração que coloque o bem-estar do novo-olindense em primeiro lugar, compreendendo a importância de realizar uma gestão pública próxima do povo e para o cidadão”.

Abaixo íntegra da nota

Postar um comentário

0 Comentários