Cidades ‘xarás’? Quais municípios do Ceará têm nomes que se repetem em outros estados do Brasil

Legenda: Nova Olinda, no Sul do Ceará, é a mais antiga das três cidades brasileiras que têm o mesmo nome.

 

Uma Nova Olinda, no Sul do Ceará, mas também na Paraíba e outra em Tocantins. A do Ceará é a mais antiga das três cidades e tem cerca de 15 mil habitantes. Na lista dos 505 municípios homônimos no Brasil, Nova Olinda, com três repetições, é a cidade cearense com mais "xarás" país afora. Ao todo, o Estado tem 17 cidades com nomes idênticos em outros estados em 4 regiões do Brasil. A exceção é o Sudeste.

No país, conforme registros do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em um mesmo estado, não há cidades homônimas. Levantamento feito pelo Diário do Nordeste aponta, contudo, que nomes idênticos de municípios em estados distintos não são raridades no país. 

Desde 1984, uma lei complementar estabelece que as assembleias legislativas devem consultar o IBGE no caso da criação ou alteração dos nomes de cidades, para que identificações já existentes não sejam adotadas. Mas, na prática, em 1996, uma Emenda Constitucional congelou a criação de novos municípios. Mesmo assim, cidades foram criadas e algumas têm, inclusive, nomes repetidos. 

CONFIRA AS CIDADES DO CEARÁ QUE TÊM NOME REPETIDO:

Aurora: no Ceará e Santa Catarina;

Cascavel: no Ceará e no Paraná;

Cedro: no Ceará e em Pernambuco;

Hidrolândia: no Ceará e em Goiás;

Iguatu: no Ceará e no Paraná;

Independência: no Ceará e no Rio Grande do Sul;

Ipueiras: no Ceará e em Tocantins;

Iracema: no Ceará e em Roraima;

Jardim: no Ceará e em Mato Grosso do Sul;

Milagres: no Ceará e na Bahia;

Morrinhos: no Ceará e em Goiás;

Mulungu: no Ceará e na Paraíba;

Nova Olinda: no Ceará; na Paraíba e em Tocantins;

Pacatuba: no Ceará e em Sergipe;

Pedra Branca: no Ceará e na Paraíba;

Redenção: no Ceará e no Pará;

São Gonçalo do Amarante: no Ceará e no Rio Grande do Norte.

“NOVAS OLINDAS” NO BRASIL

No caso de Nova Olinda, a cidade cearense, assim como as xarás, o reconhecimento como município não é antigo. Oficialmente a cidade cearense, que antes pertencia à Santana do Cariri, tem 65 anos de criação. Já a paraibana tem 61 anos e a tocantinense tem 42 anos.

As três cidades são de pequeno porte, sendo a da Paraíba a menor de todas com cerca de 5,8 mil habitantes. A de Tocantins tem 12 mil residentes e a cearense, segundo estimativas do IBGE, tem 15 mil.

Em média, 230 km separam a Nova Olinda cearense da paraibana, e 1.300km separam da tocantinense. Nas “novas olindas” da Paraíba e de Tocantins, conforme o IBGE, a renda média mensal dos trabalhadores formais é de 1,6 salários mínimos. Já na cearense, essa renda formal é menor, sendo equivalente a 1,5 salários mínimos.

____________

Escrito por Thatiany Nascimento, no Diário do Nordeste. Clique aqui e leia o texto completo.

Postar um comentário

0 Comentários