Há um ano a comunicação do Ceará perdia João Boaventura Neto

 

João Boaventura Neto. (FOTO/ Reprodução/Redes Sociais).

Por Nicolau Neto, editor

Do rádio - um dos meios de comunicação pioneiros no país - ao que tem de mais moderno na arte de interação com o público: a internet. Assim passeou João Boaventura Neto ao longo de mais de uma década. Mas em pouco mais de um ano de Covid-19, Boaventura foi vítima dela. Ele faleceu aos 17 de junho no Hospital Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte.

A história da comunicação no cariri cearense deve ao talento de escrever e de falar do Boaventura. As rádios Iracema FM, 100 FM, Verde Fale FM e Tempo FM foram testemunhas de suas produções jornalísticas. Boaventura teve inspiração em casa. Seu pai, José Boaventura de Sousa, foi um conhecido na área.

Boaventura também fez história em sites e blogs conforme veiculação nos principais site/blogs do Estado. Em um dos sites mais acessados da região, o Miséria, chegou a atuar em reportagens e na edição de matérias por mais de 8 anos. Suas produções eram, por vezes, replicadas por portais sediados em outros municípios fora do trecho Crajubar.

Ao deixar o site Miséria, ele chegou a integrar o portal de notícias Caririensi e a se dedicar ao Blog que leva seu nome, o Blog do Boa e, que hoje é administrado e  atualizado por sua esposa, Gabrielly Gonçalves. Ela que vem dando sequência à parceria que o comunicador tinha com este editor através do Blog Negro Nicolau.

A morte de Boavetura pegou a todos e todas, especificamente aos /as amantes da comunicação - sejam profissionais ou não - de surpresa e deixou um vazio em seus familiares que não será preenchido jamais. Completado um ano da sua morte, sua esposa chegou a escrever uma carta (In memoriam) intitulada “EU TE AMO JOÃO” (assim mesmo em letras garrafais). “...Tem sido difícil conviver com essa saudade que todos os dias eu sinto de João. Uma saudade que em dias bate mais forte, e em outros que consigo respirar melhor, porque ali vem na mente que ele está bem, e ele tá bem!”, diz ela inicialmente.

Gabrielly e Boaventura. (FOTO/ Reprodução/Whatsapp).

Gabrielly destaca que o luto não passou, mas que “tenta ser forte” e que se agarra na esperança de que um dia estarão juntos novamente, ao passo que agradeceu a todos que contribuíram “nos momentos difíceis, nos momentos ruins". E complementa escrevendo: 

Agradecer a todos os médicos que nos ajudaram e aqueles que mesmo na correria do dia a dia estavam me ligando, me orientando, me deixando mais calma para suportar tudo o que estava acontecendo.

Na carta que foi disponibilizada no “Blog do Boa”, ele afirma que João Boventura foi “ um ser incrível! Um pai maravilhoso! Um marido amável e muito amado por mim. Sinto muito sua falta em tudo. Eu agradeço por você, João, ter feito parte de minha vida e ter me amado até o último instante de sua vida, aqui na terra. Obrigada pelo pai que sempre foi para o João Felipe e o carinho que sempre teve por Pedro Bruno.”

No próximo domingo, dia 17, fará um ano e um mês sem o Boa, do Blog, do Ceará, do cariri, das parceiras dele com o Blog Negro Nicolau.

Os nossos sentimentos a todos da família, em especial a sua esposa que gentilmente nos cedeu a carta transcrita aqui.

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Fico muito grata pelo carinho que tem por João e o respeito por mim. Saiba que também tem
    o meu carinho e respeito sempre. Muito obrigada!

    ResponderExcluir

Ao comentar, você exerce seu papel de cidadão e contribui de forma efetiva na sua autodefinição enquanto ser pensante. Agradecemos a sua participação. Forte Abraço!!!