O Bolsonarismo mata, por Adelita Monteiro

 

Adelita Monteiro. (FOTO | Null).

Nesse exato momento a família de Marcelo Arruda está despedaçada, Deus sabe quando conseguirão se recompor e eu tô com muita raiva, completamente indignada com o discursinho atravessado de que a culpa de toda essa violência é da polarização. MENTIRA.

Não é de agora que existem dois campos disputando no cenário político nacional. Quem viveu lembra do Luciano Hullk e um grupinho de ricaços dando com os burros n’água ao comemorar antecipadamente a vitória da direita nas eleições presidenciais de 2014. Para os mais jovens basta dar um Google e descobrir que nessa eleição Dilma venceu no 2° turno, com 51,64% dos votos válidos contra Aécio Neves que fez 48,36% dos votos válidos. Quer polarização maior que uma diferença de 3% ?

Naquela época ninguém chegava em uma festa pra matar o aniversariante na frente da mulher e dos filhos por questões políticas. Não tinha um bandido sentado na cadeira de presidente ensinando crianças a fazerem arminha com a mão, falando em eliminar adversários, dizendo que a ditadura matou pouco. Não havia incentivo às armas e guerra à ciência. O presidente da república não falava em metralhar petistas nem ameaçava o outro campo de ideias com a possibilidade de jogar granadas. Depois de 2018 tudo isso mudou. E tem muito cúmplice desse desastre relativizando a culpa do Bolsonaro e tentando culpar quem luta dia e noite pra derrotar o horror desse desgoverno.

O BOLSONARISMO MATA!

O BOLSONARISMO MATA!

Matou quase 700 mil brasileiros de Covid. Tá matando milhares de nós de fome. E agora, no desespero pra permanecer no poder e não ser preso junto com seus filhos por tantos crimes cometidos ele se empenha ainda mais em incentivar seus apoiadores a matar quem se contrapõe a seu desgoverno assassino.

São tempos sombrios.

Em casa, levantei pra comprar pão quando minha mãe veio e falou: Deixa que eu vou, filha. Não quero mais você andando sozinha pela vizinhança.

Uma advogada procurou nosso coordenador de pré campanha dizendo: Precisamos conversar sobre a segurança da Adelita no processo eleitoral.

Tudo está ainda pior que em 2018, quando minhas informações pessoais junto com Vídeos nos quais eu denunciava Bolsonaro e o candidato bolsonarista aqui no Ceará foram divulgadas em grupos da Polícia.

Exatamente por isso é preciso lutar com mais afinco! Com mais vontade! Com essa coragem misturada com afeto que nos motiva do lado de cá!

É pelo Marcelo Arruda, pela Marielle, pelo Mestre Moa! É por Dom e Bruno.

E quando a dor da saudade atravessar o coração de quem ama aqueles que infelizmente tombaram nesse momento vergonhoso da história do nosso país, que eles sintam nossa solidariedade, nosso empenho em derrotar esse desgoverno assassino. Dar o nosso máximo é o mínimo que podemos fazer.

E venceremos!

____________

Adelita é pré-candidata ao governo do Ceará pelo PSOL.

Postar um comentário

0 Comentários