Camilo oficializa candidatura ao Senado com elogios a Izolda e Cid: 'ninguém vai me separar dele'

 

Legenda: Camilo destaca em discurso reconhecimento a parceria com Izolda Cela e Cid Gomes
Foto: Thiago Gadelha

O ex-governador e candidato ao Senado, Camilo Santana (PT), na convenção que ocorre no Centro de Eventos de Fortaleza, neste sábado (30), e oficializa a sua candidatura, destacou em discurso o trabalho ao lado da governadora Izolda Cela (sem partido) e a parceria com o senador Cid Gomes (PDT).

A governadora Izolda Cela, que não está presente no evento, foi saudada por Camilo. Havia expectativa que ela comparecesse à convenção, mas ela não foi.

Camilo ressaltou o trabalho ao lado de "uma mulher extraordinária''. Uma pessoa, completa ele, “que é responsável pela educação no Ceará. A primeira mulher governadora do Estado do Ceará”. A menção à Izolda foi ovacionada pelo público.

Camilo também citou a relação com Cid Gomes e foi enfático ao dizer que “ninguém vai me separar dele, jamais”.

"Dizer a ele que ninguém nos separa, (dizer) da minha amizade e da minha gratidão a esse cearense que tanto fez pelo Estado do Ceará", afirmou.

DESTAQUES

No discurso, Camilo também reforçou os atributos de Elmano (PT), candidato do PT ao Governo do Ceará.

Elmano é um homem de diálogo que tem o estilo parecido comigo. Elmano é a pessoa certa que eu confio para continuar o trabalho. Será uma luta. Eu não tive um presidente ao meu lado ao longo dos últimos anos”, afirmou.

Na convenção, Elmano também destacou que Camilo deu continuidade na gestão estadual ao projeto iniciado por Cid Gomes.

Camilo também destacou o apoio de sua família na trajetória política. Com o filho José, de 8 meses de idade, nos braços, ele chamou à frente do palco, a esposa Onélia Santana, que é titular da Secretaria de Proteção Social do Ceará no Governo de Izolda Cela, e os outros dois filhos, Pedro e Luísa.

No palanque, além de parlamentares e dirigentes políticos do PT, há também representantes do MDB, PC do B, PV e PRTB.

___________

Com informações do Diário do Nordeste.

Postar um comentário

0 Comentários