Grunec promoverá 11ª edição do Cinemáfrica com exibição de “Atlantique”


Ada, do filme Atlantique. (FOTO/ Divulgação).

Texto: Nicolau Neto

No próximo dia 13 de dezembro coletivos negros, como o Grupo de Valorização Negra do Cariri (GRUNEC), promoverão a 11ª edição do Cinemáfrica ao Luar.

O filme a ser projetado é “Atlantics (Atlântique)" da diretora, atriz e figurinista francesa Mati Diop. Nessa história, Mati relata um amor proibido entre Ada (Mame Bineta Sane) e Suleiman (Ibrahima Traoré) e utiliza uma série de recursos de linguagem e de recursos poéticos que prendem quem assiste.

Ada é uma menina de 17 anos que se apaixona por um pedreiro, que na trama é vivenciado por Suleiman. O problema é que a jovem já está “prometida” para outro homem. As cenas das jovens mulheres-zumbis confrontando o empresário corrupto são particularmente notáveis. Em uma determinada noite, os trabalhadores desaparecem no mar, seus espíritos retornam possuindo o corpo de suas namoradas para buscar justiça.

Após a exibição do filme na casa das irmãs Valéria Carvalho e Verônica Neves, no Sítio Boa Vista (Estrada de Santa Fé, Crato), haverá roda de conversa regada a lanches, fogueira e lua cheia.

O evento está programada para ter início a partir das 18h00. O lanhe é solidário. Quem for, sintam-se convidados/as a levarem frutas, castanhas, vinhos, sucos, dentre outros. 

"Venham de saias, lenços e turbantes pra gente girar", dizem as organizadoras. 

Postar um comentário

0 Comentários