Escritora lança audiolivro sobre encarceramento de mulheres negras no Brasil

(FOTO/ Divulgação).



A escritora Lorenlai França acaba de lançar o audiolivro "Cela 03 - entre amores e rebeliões", que aborda o encarceramento em massa das mulheres negras no Brasil, além de refletir sobre a lesbofobia, o racismo e machismo.

A obra já está disponível na internet e traz um relato pessoal dos 300 dias da prisão política de Lorenlai e a sua história de vida desde a adolescência, quando resolveu falar abertamente sobre a sua orientação sexual. Por causa disso, chegou a enfrentar perseguições e linchamentos, que culminaram na sua prisão.

O audiolivro se destina principalmente às mulheres negras, ao público LGBTQIA+, às mães e familiares de jovens encarceradas que enfrentam violências semelhantes sofridas pela escritora.

A história também vai além do encarceramento, e fala sobre amores, esperança, desejos e sonhos de liberdade. A narrativa de Lorenlai, desde a Cela 03, constitui mais um capítulo da história secular de insubmissão de mulheres negras como Assata Shakur e Angela Davis, nos Estados Unidos, Winnie Mandela, na África do Sul e Preta Ferreira, em São Paulo.

"Cela 03 - entre amores e rebeliões" é idealizado pela cineasta, poetisa e jornalista Urânia Munzanzu, que realizou a concepção artística do projeto junto com a coordenação e organização da pesquisadora e antropóloga Carla Ramos Munzanzu.

O audiolivro está disponível pelo canal no Youtube da escritora e pelo perfil no Speaker. O conteúdo é gratuito.

---------------

Com informações da Alma Preta.


Postar um comentário

0 Comentários