Curso sobre bell hooks celebra mês das mulheres negras


(FOTO/ Reprodução).

A Escola Longa irá oferecer, em julho, várias atividades relacionadas às mulheres negras, entre elas o curso online “O pensamento pluriversal de bell hooks.” As atividades fazem parte da celebração do 25 de julho, Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, data em que os feminismos negros no Brasil e em diversos países renovam a agenda de lutas.

O curso apresenta as principais linhas das teorias de bell hooks, que vem ganhando nos últimos anos tradução em série de seus livros para o português. É um curso composto por cinco encontros, com o objetivo de fazer “reflexões essenciais para a compreensão do nosso tempo, profundamente marcado por assimetrias e exclusões''.

A inscrição de intelectuais como bell hooks no domínio da reflexão dá-se, portanto, por meio de uma via em que ética, estética e política compõem um laço indissolúvel, capaz de oferecer caixa de ferramentas analíticas e práticas para ação e transformação do mundo e da vida”, diz a divulgação do evento.

Sobre a autora

Nascida Gloria Jean Watkins, em Hopkinsville, cidade rural de Kentucky, nos Estados Unidos, bell hooks -  em caixa baixa mesmo, em homenagem à avó materna - é formada em literatura inglesa pela Universidade de Stanford, onde começou seus estudos sobre gênero, educação, raça e classe, e seguiu com as temáticas para o mestrado na Universidade de Wisconsin e o doutorado na Universidade da Califórnia.

Desde 2019, seus livros têm ganhado tradução para o português. A Editora Elefante já trouxe para as livrarias brasileira quatro títulos: ‘Olhares negros: raça e representação’, ‘Erguer a voz: pensar como feminista, pensar como negra’, ‘Anseios: Raça, Gênero e Políticas Culturais’ e 'Tudo sobre o amor: novas perspectivas'. Já a Editora Rosa dos Tempos lançou o ‘Eu não sou uma mulher?’.

O pensamento pluriversal de bell hooks” será realizado nos dias 8, 13,15, 20 e 22 de julho, das 19h às 21h30. O investimento é de R$ 320,00. As inscrições podem ser feitas pelo site da Escola Longa.

_________

Com informações da Alma Preta.

Postar um comentário

0 Comentários