“Cultura sofre um cala boca”, diz atriz Fernanda Montenegro sobre incêndio na Cinemateca

(FOTO/ Reprodução/ Instagram).

Um dos maiores nomes da dramaturgia nacional, Fernanda Montenegro se somou, nesta sexta-feira (30), ao coro de artistas que vêm denunciando o descaso do governo Bolsonaro com a cultura nacional e, em especial, com a Cinemateca Brasileira.

Um dos galpões da Cinemateca, em São Paulo, foi atingido por um incêndio nesta quinta-feira (29) que comprometeu mais de 500 obras.

O órgão é vinculado à secretaria de Cultura do governo federal, comandada por Mário Frias, e responsável preservar a memória do audiovisual no Brasil. Em seus galpões, armazena mais de 250 mil rolos de filmes e um milhão de documentos.

O incêndio na Cinemateca em São Paulo é uma tragédia anunciada. Toda a nossa cultura das artes sofre um cala boca”, disse Fernanda Montenegro em vídeo publicado nas redes sociais.

Mas vamos renascer, tenho certeza. Nós temos certeza. Das cinzas, vamos renascer. É segredo o eterno retorno, das artes, então? Um país não existe sem cultura ligada às artes”, prosseguiu a atriz.

_____________

Com informações da Revista Fórum.

Postar um comentário

0 Comentários