Movimento antirracista Black Lives Matter (Vidas Negras Importam) é indicado ao Prêmio Nobel da Paz

 

(FOTO/ Reprodução/ Twitter).

O movimento antirracista Black Lives Matter (Vidas Negras Importam), que ganhou força em âmbito internacional após o assassinato de George Floyd nos Estados Unidos, foi indicado ao Prêmio Nobel da Paz por um parlamentar norueguês.

Ao defender a sua indicação, o deputado da esquerda Petter Eide disse à AFP que o movimento “se tornou um dos mais poderosos do mundo na luta contra a injustiça racial”.

O movimento começou há alguns anos nos Estados Unidos (…) e depois se espalhou para outros países, sensibilizando para a importância do combate às injustiças raciais”, acrescentou o parlamentar.

Após o assassinato de Floyd por um policial branco nos Estados Unidos, milhares de pessoas saíram às ruas do país para protestar. O movimento se estendeu para outros países, inclusive o Brasil.

Em junho, por exemplo, milhares foram às ruas em diversas capitais do país para protestar pela morte de João Pedro, adolescente negro de 14 anos que foi assassinado pela polícia dentro de casa em maio, e de Miguel Otávio Santana, de cinco anos, que caiu do nono andar de um prédio de luxo em Recife.

As indicações ao Nobel são aceitas até o domingo (31). Além do Black Lives Matter, o fundador do Wikileaks, Julian Assange, organizações que promovem a vacinação e até mesmo o ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, estão entre os indicados.

__________________

Com informações da Revista Fórum.

Postar um comentário

0 Comentários