75% da assessoria da Câmara de Altaneira é formada por mulheres


Assessoria da Câmara de Altaneira ao lado do presidente Deza Soares (PT). (FOTO/ Divulgação).

Por Nicolau Neto, editor-chefe

Na manhã desta terça-feira, 12/01, foi realizada de forma presencial a sessão de abertura dos trabalhos da Câmara Municipal de Altaneira, o que acabou gerando questionamentos do vereador Ariovaldo Soares (PDT) e do jurista e blogueiro Raimundo Soares Filho. Ambos sustentaram que o fato desrespeitou uma resolução da própria casa que preza pela realização das reuniões virtualmente, assim como não obedeceu as regras de distanciamento social.

Em sua defesa, o presidente da Câmara, Deza Soares (PT), enfatizou que a realização da sessão de maneira presencial se deu para atender a pedido de edis, mas que poderá rever a decisão. A próxima reunião ordinária ocorrerá na quarta-feira, 20.

Para além disso, um fato foi marcante. A apresentação da nova assessoria da casa. Das quatro assessorias, três serão ocupadas por mulheres, o que em números percentuais corresponde a 75% do comando destas.

Faltando ainda dois nomes para que fique completo toda a assessoria do legislativo altaneirense, a contábil e a jurídica, o número é muito significativo em que pese a paridade e equidade de gênero, o que foi destacado pelo presidente.

Essa representatividade feminina é uma guinada positiva e permite perceber que o caminho para romper com o machismo estruturante está sendo trilhado, corroborando para que se tenha uma sociedade com equidade.

A Assessoria de Comunicação ficou a cargo da professora e antropóloga Josyanne Gomes. Larissa Miranda, que possui curso técnico na área financeira e é graduanda em Ciências Contábeis está sob a responsabilidade da Assessoria de Finanças e Paloma Caldas, que possui formação em Arquitetura e Urbanismo, ocupará o cargo de Assessora Legislativa. A assessoria ainda conta com o graduando de Administração Wesley Alexandre. Ele está como Assessor Administrativo.

Postar um comentário

0 Comentários