Câmara de Altaneira aprova nome de Maurício Caldas para areninha


Maurício Caldas foi um empresário, professor e amante do esporte amador em Altaneira.
(FOTO/ Arquivo da Família).

Texto: Nicolau Neto

Foi aprovado na sessão ordinária desta quarta-feira, 04, o projeto de lei 03/2020 denominando de Maurício Alves Caldas a Areninha Society, que fica na Avenida Francisco Alves Bitu que dá acesso ao vizinho município de Assaré.

O PL é de autoria do presidente da casa, o vereador professor Adeilton (PSD) e tinha sido apresentado em plenário no dia 19 de fevereiro e encaminhado para emissão de parecer à Comissão Permanente. 

Discussão

Apesar de aprovada, a matéria recebeu posicionamentos em contrário. Devaldo Nogueira (MDB) e Zuleide Oliveira (PSDB) se abstiveram. Eles alegaram que a obra foi construída com recursos do Estado e, portanto, o nome deve ser dado por ele (unidade da federação). Ambos reconheceram ser justa a homenagem. Devaldo, inclusive, afirmou ter sido procurado e que deu o nomeou de João Paulo Nogueira. “Na hora da destinação do recurso já vem com o nome”, destacou Zuleide a justificar que iria seguir o posicionamento do parlamentar MDBista.

Para o autor da matéria, não há nome melhor. “Foi uma pessoa especial, professor e apoiador do esporte local”, disse ele e pedindo a aprovação. Em que pese a verba ser oriunda do Estado, Adeilton disse não encontrar nenhuma impedimento em o legislativo denominar o prédio, mencionando que sua fala tem base na assessoria jurídica. 

Flávio Correia (SDD) e Valmir Brasil (PDT) destacaram que as intervenções e as discordâncias de nome deveriam ter ocorrido antes do texto chegar a votação.

Pela aprovação, votaram Antonio Leite, Valmir Brasil e Ciê Bastos, todos do PDT; Alice Gonçalves (PRP); Flávio e Silvânia Andrade. Esta última com assento pelo PT.

Quem foi Maurício Caldas

Foi um empresário de um comércio varejista de mercadorias fundada em setembro de 1994, a Construmac. Flamenguista de carteirinha, era um amante e apoiador do esporte amador no município. Ele chegou ainda a ser professor de Educação Física.

Maurício faleceu em 2014 e deixou a esposa e três filhos, a saber: Maria Lizier, popularmente conhecida por Pepeta Caldas, Géssica Caldas, Geovanna Renaissa e Gabriel Caldas, respectivamente.

Postar um comentário

0 Comentários