Rádio Comunitária Altaneira FM aumenta cobertura informacional da Covid 19


Sede da Rádio Comunitária Altaneira FM. (FOTO/ Arquivo do Blog Negro Nicolau)

Texto: Nicolau Neto

A rádio comunitária Altaneira FM, único veículo radiofônico no município, está acompanhando atentamente os desdobramentos do novo coronavirus e realizando ações que possam contribuir direta e indiretamente para conter o avanço da pandemia, como foi classifica pela Organização Mundial da Saúde (OMS) no último dia 11.

Segundo a direção da Associação Beneficente de Altaneira (ABA) – entidade mantenedora da emissora -, ela precisa mais do que nunca cumprir com o seu papel de bem informar a população. “Nesse sentido”, diz a nota publicada em redes socais, “comunicadores e comunicadoras nos seus respectivos programas irão informar diariamente a comunidade sobre os modos de prevenção do covid-19 e passar os dados atualizados deste vírus no país, no estado e na nossa região. Dados atualizados e baseados em fontes oficiais. Para tanto, estarão acessando os portais oficiais dos órgãos governamentais, além estarem consultando opiniões de especialistas para passarem da forma mais didática possível para nossa comunidade. Esse trabalho é muito importante”.

Na manhã desta terça-feira (24), o vice-presidente da ABA e editor-chefe deste Blog, Nicolau Neto, usou as redes sociais demonstrando preocupação com o avanço do vírus no Estado. “O Ceará ultrapassou o Distrito Federal (DF) e agora já é a terceira unidade da federação em casos confirmados do coronavirus (Covid-19)”, escreveu ele.

Diante deste quadro, Nicolau afirmou que “mais do que nunca faz-se necessário que intensifiquemos nossas informações sobre o perigo de não ficar em casa e de só sair em casos de grande necessidade. Em que pese a rádio, aos/as comunicadores/as o ideal é que intensifiquem as informações sobre a pandemia através de vinhetas encaminhadas para esta emissora, se possível a cada hora”.

“A nossa orientação diante deste quadro para nossos comunicadores e comunicadoras é que se cuidem, se preservem, mas que também possam contribuir para que outros/as venham a desenvolver as mesmas atitudes”, destaca Nicolau.

Lúcia de Lucena, secretária da entidade, destacou que a emissora está veiculando áudio do Chefe do Ministério Público do Ceará em que cobra que cidadãos e cidadãs denunciem casos de desobediência aos decretos do governo do Ceará com fotos e vídeos e encaminhem para as autoridades competentes. A denúncia pode ser feita também ligando para o 190.

Postar um comentário

0 Comentários