Altaneira terá apenas 5 partidos para a eleição municipal de 2020


Prefeitura de Altaneira. (FOTO/ Nicolau Neto).

Texto: Nicolau Neto

Com a filiação do vereador Flávio Correia ao partido Democrático Trabalhista (PDT), esta agremiação se torna a maior bancada no legislativo altaneirense.

Com a permanência dos vereadores Antonio Leite, Ciêr Bastos e Valmir Brasil, a legenda atinge o feito do FFL (hoje DEM - e do PSDB), conforme registrou o advogado e blogueiro Raimundo Soares Filho na manhã desta segunda-feira (30/03). O fortalecimento do PDT acaba por o credenciar a ser o abrigo do pré-candidato/a a prefeito/a de Altaneira, deixando a vaga de pré-candidato/a a vice para o Partido Social Democrático (PSD) do atual presidente da casa, o vereador prof. Adeilton, por um dos grupos que fazem oposição ao prefeito Darimar Rodrigues (PT).

Quem vinha disposto a ter pré-candidato/a ao executivo e ao legislativo era o Podemos, do suplente de vereador e radialista Paulo Henrique Maia. Idas e vindas acabaram por esfriar essa proposta. Com uma possibilidade do pré-candidato ser o empresário Ricardo Arraes (PSD), que foi derrotado nas eleições de 2016, a tese da pré-candidatura ao executivo do Podemos deixaria de existir. Mas se minha hipótese se confirmar e o PDT for a legenda que abrigará o/a postulante ao executivo, a tese do Podemos volta a ganhar força.

Os outros dois partidos que completam o quinteto são o Partido dos Trabalhadores (PT) do prefeito Dariomar Rodrigues que já demonstrou interesse em ir para a reeleição e o Partido Socialista Brasileiro (PSB). No último levantamento feito pelo Blog o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) era o que fechava essa lista. Ele ainda está regularizado, visto que seu órgão tem vigência até o dia 14 de junho deste ano. Tudo indica que não será restruturado.

Na câmara, o PSDB é representado pela vereadora Zuleide de Oliveira. Como ela já demonstrou interesse  em ir para a reeleição, a tendência é que busque abrigo no PT ou no PSB - recém estruturado e que tem no comando o assessor de comunicação da prefeitura -, Ítalo Duarte. O mais provável é que Zuleide opte pelo PT e junto a ela viriam Alice Gonçalves (PRP) e Devaldo Nogueira (MDB). Mas nada ainda está definido, embora tudo precise ser reajustado até a próxima terça-feira, 3 de abril, conforme calendário eleitoral.

Como as novas regras eleitorais proíbem a coligação proporcional, o cenário para a eleição municipal de 2020 será composto por apenas 5 agremiações – PT, PSB, PDT, PSD e Podemos. Isso se elas não forem adiadas em face do Coronavirus. A minha aposta é que PT e PDT serão as legendas dos/as pré-candidatos/as ao palácio Francisco Felenon Pereira.

Você pode gostar também de:




Postar um comentário

0 Comentários