Aulas presenciais em escolas públicas, privadas e em universidades estão suspensas até maio no Ceará


Professor Nicolau Neto durante palestra sobre cultura afro-brasileira  na Escola Joaquim Rufino, em Altaneira, em 2013.  (FOTO/ Arquivo do Blog).


Texto: Nicolau Neto

Camilo Santana, governador do Ceará, decidiu prorrogar por mais 30 dias, a suspensão das aulas presenciais de escolas públicas e privadas e também de universidades.  O fato se dá em virtude da pandemia da Covid – 19.

A medidas que visa evita o contágio do novo coronavirus no Ceará foi publicada na segunda-feira (30) no Diário Oficial do Estado. Com essa nova medida, estudantes só devem retornar as salas de aulas no dia 4 de maio.


Segundo informações da Secretaria da Educação do Ceará (Seduc), a medida não é considerada antecipação de férias e durante esse tempo alunos e alunas terão aulas a distância, servindo, portanto, para a contagem dos dias letivos.

Na sua página no Facebook (imagem acima), Camilo explicou que todas as decisões que tem tomado “são baseadas em estudos científicos, e visam proteger ao máximo a população do Ceará”.

Postar um comentário

0 Comentários