Twitter vai premiar quem identificar tendência racista ou sexista nos algoritmos

 

(FOTO/ Reprodução).

O Twitter está disposto a recompensar em 3,5 mil Dólares, na nossa moeda R$ 18 mil, os hackers que identificarem tendência racista ou sexista nos algoritmos. Será a primeira vez que uma plataforma disponibiliza recompensa de polarização algorítmica. Em publicação no blog da divisão de engenharia da rede social, a empresa diz estar procurando maneiras de reduzir os danos não intencionais antes de alçar o grande público.

A competição se baseia em programas de “recompensa por erros” oferecidos por alguns sites e plataformas para detectar falhas de segurança e vulnerabilidades, explicaram os executivos do Twitter Rumman Chowdhury e Jutta Williams. “Encontrar distorções em modelos de aprendizagem automática é difícil. Às vezes, as empresas tomam conhecimento de violações éticas indesejadas apenas depois que elas chegam ao público. Queremos mudar isso“, disse à agência de notícia Reuters.

Os vencedores do desafio da tendência racista serão anunciados no dia 8 de agosto durante o workshop DEF CON AI Village, serão premiados os hackers que conquistarem o 1ª, 2ª e 3ª lugar na competição.

Em maio, a plataforma fez um estudo que comprovou que os algoritmos tinham a tendência de excluir imagens de negros e homens. A análise foi feita após críticas dos usuários.

Na postagem, Rumman Chowdhury e Jutta Williams comentam que querem levar este trabalho um passo adiante, convidando e incentivando a comunidade “a ajudar a identificar os danos potenciais desse algoritmo, além do que nós mesmos identificamos”, conclui.
-------------------------------
Com informações do Notícia Preta.

Postar um comentário

0 Comentários