Atlas da Violência: assassinatos de indígenas sobem 22% em uma década

 

Pelo menos 2.074 indígenas foram assassinados entre 2009 e 2019 no Brasil. Atlas da Violência 2021 também faz um retrato sobre as agressões contra a população LGBTQIA+ e pessoas com deficiência. (FOTO/ Mídia Ninja/ MNI).

A violência letal contra os povos indígenas recrudesceu na última década, de acordo com o Atlas da Violência 2021, divulgado nesta terça-feira (31). A publicação revela, com base em dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) do Ministério da Saúde, que ao menos 2.074 pessoas indígenas foram assassinadas entre 2009 e 2019. Um aumento de 21,6% na taxa de homicídios, na contramão dos homicídios em geral no país, que registraram queda de 20%, no mesmo período, segundo a publicação.

Foram 15 mortes de indígenas por 100 mil habitantes em 2009 para 18,3 por 100 mil habitantes, em 2019. Isso ante a redução geral de 27,2 mil para 21,7 mil por 100 mil habitantes. Essa é a primeira vez que os dados sobre a violência letal contra os povos originários foram analisados no Atlas elaborado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) e o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) em parceria com o Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN). A publicação levou em conta também dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) da Saúde.

Para retratar a violência no Brasil contra essa população específica, o estudo analisou os números de homicídios nos municípios com terras indígenas e sem terras indígenas. A comparação mostrou que nas cidades com Terras Indígenas (TIs), as taxas de homicídios foram maiores, chegando a uma taxa de 20,4 para 100 mil habitantes, enquanto que os municípios sem territórios indígenas fecharam o período com uma taxa de assassinatos de 7,7 para 100 mil habitantes. Nos estados com TIs, Amazonas (49), Roraima (41), Mato Grosso do Sul (39) e Amapá (30,1), registraram os maiores índices de violência letal. Em alguns estados, a situação, segundo o Atlas, “é ainda mais grave relativamente” porque a taxa de homicídios contra pessoas indígenas supera os índices de assassinatos no geral.

_____________

Com informações da RBA.

Postar um comentário

0 Comentários