Em Altaneira, Paço Frutuoso José de Oliveira poderá se chamar Francisco Fenelon Pereira


Prefeitura de Altaneira. (FOTO/Nicolau Neto/Arquivo Pessoal).

Texto: Nicolau Neto

Está sob análise da Comissão Permanente (CP) da Câmara de Altaneira o Projeto de Lei 004/2019 de autoria do vereador Antonio Leite (PDT). Por ele, pretende-se denominar o Museu Público que ainda não foi inaugurado de Francisco Fenelon Pereira.


No entanto, o presidente da casa, o vereador prof. Adeilton (PSD) afirmou a redação do Blog Negro Nicolau (BNN) que conversou com o autor da matéria com o interesse de apresentar emenda alterando o prédio a ser denominado. A ideia de Adeilton é fazer com que o prédio que sedia a prefeitura possa vir a se chamar Francisco Felenon Pereira.

Segundo ele, é mais coerente com a história de vida de Fenelon que dedicou grande parte dela as causas políticas, inclusive participando ativamente para o processo de emancipação política da até então Vila de Santa Teresa, hoje Altaneira. “Se fôssemos lutar hoje pela emancipação do município talvez não conseguiríamos”, disse ele ao ressaltar que falta requisitos básicos para essa finalidade. “Ele foi o primeiro vereador, o primeiro prefeito, além de vice-prefeito por duas vezes. Então, é mais justo, mais coerente que o paço municipal receba seu nome”, argumentou.

O vereador Antonio Leite confirmou o diálogo e não fez nenhuma objeção:

A minha primeira proposta era realmente a denominação do prédio do palácio municipal mais como já é denominado de frutuoso José de Oliveira achei pôr bem indicar o museu mais não tenho nenhum problema em revolgar a lei existente e deixar o museu para denominamos de João zuba” (SIC), disse.

O Projeto de Lei foi apresentado na sessão da última quarta-feira, 16 de outubro e deve voltar à pauta no dia 23.

Quem Foi Frutuoso José de Oliveira e Francisco Fenelon Pereira

Na História política de Altaneira que foi escrita até agora, Frutuoso José de Oliveira foi um dos responsáveis por doar 14 tarefas de terras para a construção das primeiras residências e da capela por volta dos anos 1930 quando o povoado começa a ganhar dimensões de vila (nesse período o território pertencia a Santana do Cariri). No entanto, figurou também como um dos responsáveis por ter se posicionado contrário junto a Elpídio Ricardo de Carvalho ao grupo que lutou pela emancipação política em 1958 do distrito Santa Teresa, época em que pertencia a Quixará, hoje Farias Brito.

Já Francisco Fenelon Pereira, seu Chico Fenelon como ficou conhecido em Altaneira, participou ativamente do processo de desmembramento do Distrito Santa Teresa de Farias Brito, se tornando, pois, o primeiro prefeito do recém-criado município de Altaneira em 1960. Em 1982 ele volta ao cargo de prefeito. Felenon foi também em duas oportunidades - em 2004 e em 2008 – vice-prefeito. Entre um mandato e outro, ele se dedicava ao comércio em Assaré e as atividades no ramo da agropecuária no sítio São Gonçalo.

Postar um comentário

0 Comentários