“Um filho de Altaneira não dispensa desafios”, diz o presidente da Academia de Letras do Brasil/Seccional Regional Araripe



O município de Araripe, na região do cariri cearense, se tornou no último sábado, 27/10, uma das novas sedes Seccional Regional da Academia de Letras do Brasil.

A Academia de Letras do Brasil se configura como uma entidade nacional e que está presente em 80% do território brasileiro e com atuação fora do país. No Ceará, ela chegou em 02 de julho de 2016 e já conseguiu empossar 55 (cinquenta e cinco) membros fundadores efetivos e vitalício.

No último final de semana, o professor e sindicalista altanreirense José Evantuil entrou para o rol de acadêmicos (as) de forma efetiva ao ser empossado na cadeira Nº 1, se juntando ao também altaneirense Francisco Adriano de Sousa. O primeiro escolheu como matrona Fausta Venâncio David, vista por muitos como a primeira professora do município, enquanto que o segundo, tem como patrono Euclides Nogueira Santana, tendo sido muito conhecido na arena política e também na arte medicinal como “Seu Quido”.

Nesta mesma ocasião, o poeta Adriano que há alguns anos escolheu Araripe para fixar residência, foi designado e empossado como um dos oito presidentes das seccionais municipais e regional, lhe sendo incumbido a de presidir a sede então recentemente instalada. Em contato com a redação do Blog Negro Nicolau, Adriano falou da instalação da nova sede, dos desafios a serem enfrentados e da importância para a cultura na região com este novo trabalho. "Fundamos uma seccional com os municípios de Santana do Cariri, Altaneira, Potengi, Araripe, Campos Sales e Salitre. Não houve tempo para um contato com outros municípios da regional cariri-oeste”, disse ele ao destacar sobre a formação da Seccional Regional. E mencionou que há a intenção em ampliar sua abrangência. “Pretendemos completar as nossas hostes com representantes dos municípios de Tarrafas, Antonina do Norte, Assaré e Nova Olinda”, realçou.

Adriano (Centro) por ocasião da instalação da nova sede da ALB/CE em Araripe. (Foto: Divulgação).

Adriano também comentou sobre como pretende atuar frente a ALB/Araripe-CE. “Sabia que essa não seria uma tarefa fácil. Mas um filho de Altaneira não dispensa desafios. Presidir uma entidade desse porte é gratificante, tanto quanto trabalhoso”.

Ele frisou ainda que ninguém acredita em cultura, o que acaba servindo de estímulo para os acadêmicos e acadêmicas da ALB/Araripe-CE:

Lidar com cultura não é fácil porque ninguém acredita. Contudo farei um trabalho sobrehumano, se for possível, para sermos modelo de trabalho cultural na região do cariri. Temos bastante interesse em ser uma entidade que contribua para o desenvolvimento intelectual da nossa região. Não estamos interessados em pesquisa e ter a pesquisa como moeda de troca de favores políticos, câmbio financeiro ou qualquer outra benesse. O nosso interesse está pautado em desenvolver intelectualmente a nossa região porque acreditamos que a mudança só é possível através do conhecimento”.

Adriano, Fenelon, Dariomar e Evantuil, respectivamente. (Foto: Divulgação).

O poeta ainda arguiu que só dessa forma honrará “os nossos municípios, os nossos patronos e os nossos acadêmicos” e acrescentou que a ideia de trabalho está pautada em difundir um trabalho cultural junto à educação caririense mediante conhecimento histórico. Segundo ele, há muitos escritores, historiadores e professores em diversas áreas, pretendendo, pois, intensificar a pesquisa histórica e o aprimoramento do conhecimento da região. Neste contexto, ele destacou a possibilidade de criar uma disciplina de história regional com material oferecido a partir da Seccional Regional Araripe.

Adriano pediu o apoio da imprensa no apoio e propagação dos ideais e das ações do órgão literário e cultural. “Contamos, sem dúvida, com o apoio da imprensa. É muito importante. Sem esta não há trabalho que seja difundido”, afirmou.

Durante a cerimônia de instalação da seccional regional em Araripe, que contou com a presença do prefeito de Altaneira, Dariomar Soares, o ex-prefeito desta municipalidade, Francisco Fenelon Pereira, foi um dos homenageados.



  

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Parabéns ao presidente dr Adriano pela confraria de Araripe, uma noite que a cultura regional teve um marco.

    ResponderExcluir

Ao comentar, você exerce seu papel de cidadão e contribui de forma efetiva na sua autodefinição enquanto ser pensante. Agradecemos a sua participação. Forte Abraço!!!