Lagoa do Sapo, em Altaneira, atinge capacidade máxima


Lagoa do Sapo, em Altaneira, atinge capacidade máxima. (FOTO/João Alves).

A Lagoa do Sapo, conhecida popularmante por “Barragem”, localizada na zona rural do município de Altaneira, foi mais um dos reservatórios a atingir sua capacidade máxima. O fato foi registrado nesta quinta-feira, 04, após chuva de 68,5 mm.

Com isso, praticamente todos os locais de armazenamento de água de Altaneira sangraram. Antes da Lagoa do Sapo, que é uma dos locais que mais recebe vistas em épocas de chuvas, sangraram os açudes “Tabocas” e de “seu Mundinho”, ambos na zona rural, a lagoa “Santa Tereza” (na entrada da cidade) e o Açude Valério (o Pajeú), localizado no Sítio Valério. Este último é o principal reservatório e é responsável pelo abastecimento da cidade e de algumas comunidades rurais.

Segundo relatos de leitores do Blog, o açude do Tabuleiro - que fica localizado no sítio de mesmo nome - também atingiu sua capacidade máxima.

Veja também:


Postar um comentário

0 Comentários