Brincadeiras de Caretas em Altaneira e o “privilégio de morar no Nordeste”, por José Evantuil


A brincadeira dos caretas é "o privilégio de morar no Nordeste", disse o professor altaneirense José Evantil.
(Imagem capturada do vídeo publicado no facebook pelo professor).

Foi uma simples visita, ou melhor, uma visita “exótica” e que em nenhum outro lugar há quem a receba. Foi com essa expressão que o professor altaneirense José Evantuil definiu a passagem dos brincantes dos caretas por sua residência.

Segundo Evantuil, esse é o “privilégio de morar no Nordeste”. Ele faz um passeio pelo tempo e remonta o surgimento da brincadeira ao período do medievo, “mas”, disse ele,  é no nordeste que a existência se prolonga e encanta”.

Calcinha é um dos brincantes mais atuante no município.
(Imagem capturada do vídeo).
Andarilhos que são, percorrem muitos quilômetros a pé com a indumentária confeccionada artesanalmente e uma máscara (careta) feia e desconfortável no sol aceleram o coração da criançada, amedrontam a cachoreira num frenesi de gestos estranhos e elegantes. Anunciados pelos pesados chocalhos e ao som de tambores”, descreveu entusiasmado o professor ao cumprimentar o brincante apelidado de “Calcinha”. “Esse é o Calcinha. Hoje não bebeu”, comentou no seu próprio texto ilustrado com um vídeo.

O cara que entra nisso sem saber o que significa né..." .(Pausa). "Ai depois vai..." (mais uma pausa), respondeu o brincante (um dos mais atuantes no município) antes de se retirar.

Ao comparar a brincadeira com o Carnaval, Evantuil diz que “ordas de jovens aproveitam o curto período de farturas e saem pelas vilas, povoados e até no dia da feiras pedindo os "jejuns" a todos os seus padrinhos e madrinhas que ao se dirigirem somos todos nós”.

E foi além ao classificar a brincadeira como “o inverno no sertão”:

Aceitam qualquer "esmolinha" pois o que vale mesmo é a diversão que dá incentivo aos brincantes dessa tradição. Tudo fica mais animado quando se tem açudes cheios, roças de milho e todas as iguarias da roça. Tudo isso tem nome: o inverno no sertão”.
___________________________________________________________________________

José Evantuil é professor da rede estadual e municipal de ensino, graduado em História pela Universidade Regional do Cariri (URCA), vice-presidente do Sindicato dos Servidores de Altaneira (Sinsema) e blogueiro.


Postar um comentário

0 Comentários