A cultura foi reduzida a lugar secundário na estrutura do governo”, diz Gilberto Gil


Gilberto Gil. (FOTO/Gerard Giaume/Divulgação).

Texto: Nicolau Neto

O cantor Gilberto Gil criticou o papel irrelevante que a cultura tem assumido no governo Bolsonaro.  Para ele, “a cultura foi reduzida a lugar secundário na estrutura do governo”.

Gil afirma que o setor precisa “estar à altura de suas responsabilidades para o país no seu sentido mais amplo e mais profundo”.

Abaixo nota do ex-ministro da Cultura de Lula que a Mídia Ninja reproduziu:

"Recusada à instituição governamental da Cultura o status de ministério, estatura e prestígio, reduzida a um lugar secundário na estrutura do governo, que ela possa estar à altura de suas responsabilidades para o país no seu sentido mais amplo e mais profundo. Queremos a consideração e o respeito às conquistas do nosso passado e uma visão mais generosa do nosso futuro."

Postar um comentário

0 Comentários