Grupo de Valorização Negra do Cariri (Grunec) recebe grupos indígenas de Rondônia


Grunec recebe grupos indígenas de Rondônia. (FOTO/Divulgação).

Texto | Nicolau Neto

A 22ª edição do Sonora Brasil para o biênio 2019/2020 pensada pela Federação do Comércio (Fecomércio Ce) e pelo Serviço Social do Comércio (Sesc) percorrerá o pais com diversas apresentações.


O Sonora Brasil é considerado o maior projeto de circulação de músicas do país e para esta edição os temas escolhidos foram “Líricas Femininas - A presença da mulher na música brasileira” e “A Música dos Povos Originários do Brasil”. Para tanto, reunirá artistas e representantes das temáticas que farão apresentações em mais de 90 (noventa) cidades. 

Foi dentro dessa perspectiva que integrantes do Grupo de Valorização Negra do Cariri (Grunec) receberam grupos indígenas do estado de Rondônia. Os povos indígenas de Rondônia Paiter Surui e Karitiana foram recebidos no último dia 26 de agosto na residência das irmãs Valéria Carvalho e Verônica Neves, no Sítio Boa Vista, em Crato.

Os grupos se apresentaram por meio da música e da dança demonstrando um universo rico e diversificado de sua cultura, porém ainda pouco conhecido.

O momento realizado no terreiro da casa das integrantes do Grunec foi acompanhado por professores/as, pesquisadores/as e vizinhança.

Ao descrever o ato, Valéria Carvalho o destacou como “mágico” e que dialogaram sobre as principais demandas dos grupos.

As fotos falam por si. Momento mágico de muita partilha de conhecimentos; falou-se de tudo, da terra, cultura, meio ambiente, política, mulher, geração, alimentação, saúde e acima de tudo do Bem Viver... de Amor. E o nosso sentimento é de Gratidão”, pontuou.

O cariri cearense também esteve representado a partir do Povo Cariri, da Comunidade Poço Dantas, em Crato.

Ações como essas estão ocorrendo durante um cenário em que os ataques a grupos indígenas estão aumentando motivados pela política antiindígenas implementadas desta a chegada de Bolsonaro a presidência do país.

Abaixo outras fotos:











Postar um comentário

0 Comentários