Projeto de estudantes da Escola Menezes Pimentel (Potengi) vira destaque na imprensa regional e estadual

 

Projeto de estudantes da Escola Menezes Pimentel (Potengi) vira destaque na imprensa regional e estadual. Aedes aegypti também é responsável pelas doenças: zika e chikungunya. (FOTO/ Divulgação)

Por Nicolau Neto, editor

Um projeto desenvolvido por dois estudantes da Escola de Ensino Fundamental e Médio Menezes Pimentel, do município de Potengi, na região do cariri, virou destaque nas imprensas regional e estadual. O Projeto intitulado “Armel” tem como finalidade atrair e matar mosquitos transmissores da dengue usando suor humano e teve a orientação do professor de Física, Rosemberg de Sousa.

O projeto “Armel” usa armadilha visando atrair e matar os mosquitos e de acordo com Francisco Caíque (2º Ano A), em entrevista a Rádio CBN Cariri, o combate aos mosquitos ocorre tendo como base os comportamentos físicos e bioquímicos das espécies sugadoras de sangue pertencentes à família Culicidae, a exemplo do aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue.

A "Armel" aproveita também o circuito metálico da raquete que mata mosquitos e outros materiais que atraem os insetos. Essa foi a explicação dada também a Rádio CBN Cariri, desta feita pela aluna Elizabeth Nunes (2ª Ano A). Segundo ela, é aqui que o suor humano pode contribuir. “A gente utilizou o ácido lático contido no suor humano, que foi retirado de voluntários e destilado. Também utilizamos comprimidos efervescentes com água na temperatura de 12ºC. Nosso projeto tem ainda a coloração preta que acaba atraindo esses mosquitos”, relatou Elizabeth.

O projeto, conforme pontuaram Caique e Nunes, foi idealizado a partir de informações circuladas nos veículos de comunicação. O Jornal O Povo, por exemplo, chegou a informar que somente este ano houve um amento de 50% dos casos de dengue.

Além da Rádio CBN Cariri, a "Armel" da Menezes Pimentel, foi veiculada nos sites Miséria, Gazeta do Cariri e no O Povo.

Em contado com a redação deste Blog, o professor orientador desta ação asseverou que já está pensando nos próximos projetos.

A "Armel" será apresentada este mês durante o Ceará Científico, um evento da Secretaria da Educação do Ceará (Seduc – CE).

Postar um comentário

0 Comentários