Bolsonaro perde metade de sua base eleitoral, mostra pesquisa

 

Enquanto Bolsonaro perde quase metade do seu eleitorado, Lula retém a grande maioria dos votos de Haddad e recebe o apoio daqueles que apoiaram Bolsonaro. (FOTO/ Fabio Rodrigues Pozzebom / ABr).

O presidente Jair Bolsonaro perdeu metade de sua base eleitoral, segundo pesquisa divulgada nesta sexta-feira (15) pela Genial/Quaest. “Os dados mostram que apenas 52% daqueles que votaram em Bolsonaro no segundo turno de 2018 votariam outra vez no presidente”, afirma o cientista político Felipe Nunes, diretor da Quaest e professor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Dos votos que Bolsonaro perdeu, 21% migraram para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, segundo a pesquisa. Ciro Gomes recebe 8%; Doria, 7%; e os brancos e nulos ficam com 12%.

Entre quem votou em Fernando Haddad no segundo turno de 2018, 79% votariam em Lula e só 1% diz que votaria em Bolsonaro. “Ou seja, enquanto Bolsonaro perde quase metade do seu eleitorado, Lula retém a grande maioria dos votos de Haddad e recebe o apoio daqueles que apoiaram Bolsonaro”, afirma Nunes em sua conta no Twitter.

Se no primeiro turno das eleições de 2018 Jair Bolsonaro teve 46% dos votos válidos, a 4º rodada da pesquisa mostra que seu desempenho hoje seria bem pior. Bolsonaro não passaria dos 30% de votos válidos”, observa ainda o cientista político.

A quarta rodada da pesquisa foi feita entre 30 de setembro e 3 de outubro, com 2.048 pessoas em entrevistas presenciais domiciliares. A margem de erro da pesquisa é de 2.2 pontos.

________

Com informações da RBA.

Postar um comentário

0 Comentários