Covid-19 impõe passagem dos 62 anos de emancipação política de Altaneira apenas por hasteamento das bandeiras

 

Hasteamento das bandeiras na sede do poder executivo durante a passagem dos 62 anos de emancipação política de Altaneira. (FOTO/ João Alves).

Por Nicolau Neto, editor-chefe

O Município de Altaneira, localizado na microrregião do cariri oeste, comemorou neste dia 18 de dezembro, 62 anos de emancipação política. 

Para quem estava acostumado com diversos festejos alusivos a passagem do aniversário, como competições esportivas, shows musicais (inclusive gospel), desfile cívico e de instituições educacionais e culturais com blocos demonstrativos de projetos desenvolvidos durante o ano, como PAIC/PNAIC, PROERD, PETECA, SPAECE, além das apresentações da Banda de Música Padre David Moreira, teve que acompanhar de casa e sem nenhuma dessas atividades.

A pandemia do novo coronavirus (a Covid-19) que já vitimou mais de 180.000 pessoas no Brasil e deixou seis famílias de luto em Altaneira, impôs a passagem dos 62 anos de emancipação política da “terra do lago que fascina” – como diz a letra do hino - apenas por hasteamento das bandeiras defronte ao paço Francisco Fenelon Pereira e no Poder Legislativo.

Tanto na sede do poder executivo quanto na do legislativo, as vereadoras Silvânia Andrade e Zuleide Oliveira participaram hasteando as bandeiras, acompanhadas pelo prefeito Dariomar e pelo presidente da Câmara, o vereador Adeilton Silva (PSD).

Hasteamento das bandeiras na sede do Poder Legislativo durante a passagem dos 62 anos de emancipação política de Altaneira. (FOTO/ João Alves).

O brilho da Praça de mesmo nome da Banda Municipal que foi decorada para o Natal não está tão intenso como nos anos anteriores, pois a presença da população está limitada.

O 18 de Dezembro também foi marcado pela diplomação de forma remota do prefeito reeleito Dariomar Rodrigues (PT), do vereador reeleito Valmir Brasil (PDT), da vereadora reeleita Silvânia Andrade (PT) e dos eleitos Gean Moura (PT), Robercivânia Oliveira (PSD), Nonato Torres (PT), Júnior Paulino (PT), Deza Soares (PT), Rafaela Gonçalves (PT) e Ariovaldo Soares (PDT). Suplentes de vereadores (as) também foram diplomados.

Postar um comentário

0 Comentários