Diretório Estadual do PT emite nota de repúdio aos ataques sofridos pelo presidente da sigla em Nova Olinda


Nota de Repúdio da Direção Estadual do PT. (FOTO/ Reprodução).

Texto: Nicolau Neto

A Direção Estadual do Partido dos Trabalhadores (PT – CE) emitiu no último dia 30 de maio Nota de Repúdio em face dos ataques sofridos pelo presidente da sigla no município de Nova Olinda, na microrregião do cariri oeste, Aureliano Souza.

Aureliano, líder comunitário, tem usado seu perfil na rede social facebook para se manifestar contra algumas medidas adotadas pela gestão municipal e um dos últimos vídeos que ele deu publicidade criticou veementemente a medida do prefeito de reabrir de forma gradual o comércio. Aureliano destacou que que não era momento de afrouxar medidas de combate a pandemia do novo coronavirus e que a vida era mais importante que a economia. A medida foi posteriormente revogada pelo próprio gestor em atendimento a recomendações do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE).

A nota que foi amplamente divulgada nas redes sociais cita que os ataques sofridos pelo líder comunitário foram feitos “por parte de ocupantes de cargos comissionados da Prefeitura Municipal daquela cidade, como resultado de uma publicação de sua autoria”.

Para o diretório estadual “o presidente Aureliano expressou sua preocupação com Decreto Municipal que flexibilizava o isolamento social ao permitir a reabertura do comércio, e, logo após, foi alvo de ofensas e ameaça”. Ao classificar os atos como gravíssimo, manifesta “preocupação com este cenário” e entende que “a liberdade de expressão é um direito consagrado na nossa Constituição e na Declaração Universal de Direitos Humanos, não sendo permitida qualquer interferência e discriminação, sendo vedado, isso sim, o seu uso para ofender ou ameaçar outros, atingindo sua dignidade e sua honra, cabendo a tais atos atentatórios a direitos e liberdades fundamentais a punição”.

Por fim, destaca que é fundamental “coibir a intolerância política impulsionada pelo discurso de ódio expresso pelo bolsonarismo e que começa a fincar suas raízes nos municípios”.

A redação do Blog destaca que está aberta para emitir a manifestação daqueles que se sentiram tocados pela nota.

Clique aqui e confira íntegra da nota.


Postar um comentário

0 Comentários