Câmara de Altaneira aprova sete requerimentos: agilidade na implantação do PCCR e modernização de biblioteca estão entre eles

 

Câmara de Altaneira aprova sete requerimentos: agilidade na implantação do PCCR e modernização de biblioteca estão entre eles. (FOTO/ Reproduão/ Página da câmara de Altaneira no facebook).


Por Nicolau Neto, editor-chefe
      

O poder legislativo de Altaneira se reuniu na manhã desta quarta-feira, 03, em sessão ordinária e aprovou sete requerimentos. Todos sem que houvessem posicionamentos que colocassem em risco o sucesso destes.

A vereadora Silvânia Andrade (PT) foi a autora de duas dessas proposituras. Uma delas solicita a construção de um canil. O texto recebeu interferência positiva da parlamentar Rafaela Gonçalves, companheira de agremiação da autora. Rafaela destacou ser importante “a formação de comissão externar para fiscalizar e acompanhar a execução e implantação” do canil.  Alvo de grande debate entre parlamentares, inclusive porquê contou com a presença de José Evantuil, presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Altaneira (Sinsema), o Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR) dos servidores foi o tema do segundo requerimento de Silvânia. Ela pede agilidade na sua implantação.

Outra que teve duas matérias aprovadas foi a edil Zuleide Ferreira, também do PT. A parlamentar quer que o município disponibilize máquinas para apicultores e concomitantemente solicita dois servidores para a casa do mel. Este último teve uma ingerência de Rafaela. Segundo ela, é necessário que quem for direcionado para a casa do mel receba “capacitação técnica para a apicultura.”

Já o professor Nonato, pertencente a sigla das três parlamentares citadas, teve como objetivo no requerimento mapear os prédios residenciais e comerciais. Sua ideia é garantir escritura pública.  Em que pese a isso, foi a vereadora Rafaela propôs “a realização de uma audiência pública para falar da tributação e legalização dos imóveis”.

Saúde pública atrelada a pandemia do novo coronvirus ( a Covid-19). Foi este o alvo do pedido do vereador Ariovaldo Soares (PDT). O edil reiterou uma solicitação que é recorrente na casa, principalmente de sua parte, a sabe: o quantitativo de pessoas vacinadas direcionada a Secretaria Municipal da Saúde.

O último requerimento aprovado foi o de Rafaela Gonçalves. O texto aprovado solicita reforma, reestruturação, modernização da biblioteca do distrito do São Romão. A parlamentar requereu ao mesmo tempo uma adequação a legislação da acessibilidade e braile neste espaço.

Postar um comentário

0 Comentários