Edson Veriato, agricultor e ativista comunitário, é eleito prefeito de Potengi pelo PSOL

 

Edson Veriato é eleito prefeito de Potengi.
(FOTO/ Reprodução/ Facebook).

Por Nicolau Neto, editor-chefe

O agricultor, ativista comunitário e radialista Edson Veriato fez história em Potengi. Edson (PSOL) conseguiu sair eleito prefeito com 58,89% dos votos válidos, o que equivale a 3.457 eleitores/as.

O ativista teve como opositora a atual prefeita Alizandra (PT) que conseguiu 2.318 votos, perfazendo 39,49% do eleitorado/a.

6.206 eleitores compareceram às urnas. Destes, 264 (4,25%) votaram nulo e 72 (1,16%) em branco.

A campanha do prefeito eleito foi toda baseada na politização e conscientização da população. Um dia antes da eleição, ele escreveu em suas redes sociais “subestimaram nossa força, subestimaram o querer do povo. A esperança e o desejo de mudança não são fogo de palha, e seguem firmes pra fazer a diferença! Amanhã votaremos no que acreditamos, pois nosso futuro é inegociável”. Veriato tem como companheiro de chapa o comerciante Humberto Oliveira, popularmente conhecido por Humberto dos Barreiros.

Sobre a participação de Veriato em mandatos eletivos

Edson já concorreu a vereança por Poengi em 2016 e a deputado federal em 2018, todas pelo PSOL. Nesta última ele conseguiu 1.656 votos, o que representou 0,44% dos votos válidos.

Nos últimos anos ele vinha exercendo com muita precisão críticas a gestão de Alizandra e poucas horas antes do processo eleitoral ele ganhou o apoio do ex-prefeito e que concorria também ao cargo. Samuel (PSD) desistiu de sua candidatura e em frente ao comitê de Veriato fez o anúncio.

Postar um comentário

0 Comentários