Djamila Ribeiro fala sobre feminismo negro e racismo durante entrevista no Roda Viva

 

Djamila no Roda Viva. (FOTO/ Reprodução/ YouTube).

Por Nicolau Neto, editor-chefe

O Roda Viva, da TV Cultura, entrevistou nesta segunda-feira, 09, a filósofa, ativista e escritora Djamila Ribeiro.

Djamila falou sobre os várias nuances do racismo no Brasil, destacando, dentre outras, que nosso país foi construído através do sangue indígena e negro.

A mestre em Filosofia e autora de livros como “O que é lugar de fala?” (2017), “Quem tem medo do feminismo negro?” (2018) e “Pequeno Manual Antirracista (2019)” mencionou também que falta as pessoas a compreensão do racismo como uma “estrutura”, além de destacar nomes como Lélia Gonzales quando falou sobre feminismo negro. “Linguagem também é poder”, disse ela se referindo sobre a necessidade desestabilizar a ordem hegemônica.

Abaixo você confere a entrevista completa:

          

Postar um comentário

0 Comentários