Unidade Popular pelo Socialismo é o partido com mais candidaturas negras do Brasil

 

Leonardo Péricles. (FOTO/ Willian Dias/ ALMG).

Por Nicolau Neto, editor-chefe

A Unidade Popular pelo Socialismo, ou simplesmente Unidade Popular (UP) é o partido político mais jovem registrado no Brasil. Fundado há 4 anos quando recolheu mais de um milhão de assinaturas, a UP conquistou no ano passado junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o direito de lançar candidaturas.

Nessas eleições, primeira em que a UP lança candidatos/as a prefeito/a e vereadores/as, dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) constatou que esse partido é o que mais resgristrou candidaturas negras (pretos e pardos). São quase 70% (69,9%).

O presidente da UP Nacional e candidato a vice-prefeito de Belo Horizonte, Leonardo Péricles, destacou o feito em suas redes sociais.  A UP “é o partido do povo negro. Um partido de gente pobre, trabalhadora, das mulheres e da juventude. Esse é o povo que luta todos os dias pra sobreviver, que vai ocupar os espaços de poder e acabar com a exploração”, disse.

“Viva o poder popular e o socialismo! Viva a luta do povo negro.” (Péricles).

Em Belo Horizonte, UP forma chapa com o PSOl que tem Áurea Carolina, especialista em Gênero e Igualdade pela Universidade Autônoma de Barcelona e Mestra em Ciência Política pela UFMG, como candidata a prefeita.

Em Fortaleza (CE) a UP tem Paula Colares, professora, como candidata a prefeita. Paula representa uma das duas únicas candidatura que apresentou propostas para a pauta racial. A outra é a do Renato Roseno (PSOL).

Postar um comentário

0 Comentários