Programação dos Caminhos do Artefatos 2020

 

(FOTO/ Divulgação).

Por Nicolau Neto, editor-chefe

O Congresso Internacional Artefatos da Cultura Negra que em 2020 chega a sua 11ª edição só será aberto oficialmente no dia 21 de setembro e no formato virtual em virtude da pandemia do novo coronavirus (a Covid-19). Mas até lá haverá os “Caminhos do Artefatos”.

Os “Caminhos do Artefatos” existe desde 2017 e vem se constituindo através de programações que antecedem o Congresso. Essas são composta por ações culturais e formativas protagonizadas por mestres e artistas da região do cariri cearense.

Desde o dia 20 de agosto que ocorre o Sarau Virtual “Loas à Calunga”. Mas haverá também oficinas, mostras de cinema e discussões sobre literaturas com viés da negritude.

Confira a Programação Abaixo:

02/09 – EnegreSendo a Literatura Brasileira: Vozes Negras, com Alex Baoli e Manoel Leandro;

04/09 – Mostra Cinemáfrica:Sessão Performance Castiel Vitonino a partir de uma conversa com Jaques Rodrigues, Maria Macêdo e Nayra Mayra;

09/09/ - Moacpés – Movimento de Arte e Cultura do Sopé e Serra do Araripe: Da Brincadeira ao Movimento com as mestras e mestres do movimento;

11/09 – Oficina de HQ: Desenhando o Cotidiano com Andréa Sobreira e Paulo Bruno;

11/09 – Interlocução Artística: Cariri e Afrodiáspora Danças e Movençias Afrodiaspóricas com Gerson Moreno;

11/09 – Narrativas Negras no Teatro com Sâmia Memória e edeceu Barboza;

16/09 – Música, Diversidade e Resistência com amana mana;

18/09  - Mostra cinemáfrica: Sessão Peformace – Tetro Filmado da Peça “In Sã: O Uuniverso do Rosário em Nós”, com Evandro nunes e marcus Carvalho.

18/09 – (Re)Existências Negras a partir de Limões Ensolarados com Leonardo Alves.

Para saber maiores detalhes desta programação acesse a página do evento no Facebook. (Clique aqui).

Postar um comentário

0 Comentários