PSOL de Potengi confirma chapa Edson Veriato/Humberto à prefeitura

Convenção que homologou chapa Edson Veriato e Humberto foi realizada em prédio particular no centro da cidade de Potengi.  (FOTO/ Reprodução/ WhatsApp).


Durante convenção realizada neste sábado (12) em um prédio particular no centro da cidade de Potengi, na microrregião do cariri oeste cearense, o Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) confirmou a candidatura do agricultor, radialista e ativista comunitário Edson Veriato a prefeito e do comerciante Humberto Oliveira, popularmente conhecido por Humberto dos Barreiros a vice na chapa.


Segundo informações da coordenação da pré-campanha de Edson, o evento foi realizado seguindo as orientações dos órgãos de saúde em face da pandemia do novo coronavirus, garantindo o distanciamento social entre os convencionais, a higienização com álcool em gel e as demais recomendações presentes nos decretos municipal e estadual e contou com a participação de pré-candidatos/as, assessoria jurídica e apoio técnico de alguns filiados/as.

Filiados/as da agremiação tiveram a possibilidade de acompanhar a convenção meio da plataforma Google Meet, onde foram homologadas 14 nomes para concorreram ao legislativo municipal, a saber: Ailton Leite, Aline Sérgio, Carlos Barreto (Carlos do Banco), Jardelina Dias, João Paulo (JP), Lidiane Caetano, Professor Saymon, Ramiris Alencar, Ramon Siqueira, Roberta Matos, Tonho Galego, Joaquim Xuxu, Zé de Júlio e Zé Ires.

A coordenação da pré-campanha destacou ainda que as lideranças enfatizaram a necessidade de se fazer uma política diferente do que se é de costume, sem aglomeração de pessoas, carreatas, fogos ou mesmo a presença em massa da militância, enquanto lamentavam as limitações que os tempos de pandemia trazem.

Para Edson Veriato, a convenção foi “o primeiro passo oficial nessa longa caminhada para fazer chegar A VEZ DO POVO” (assim mesmo em caixa alta) e frisou:

A noite deste último sábado foi diferente, a chama da esperança brilhou mais forte em nossos corações, com falas de quem vive o Potengi da vida real, com todas as dificuldades e a luta para sobreviver.

Veriato mencionou também que “é muito doloroso e triste termos que fazer esse momento longe de nossos filiados, longe da maioria de nossos parceiros de luta de sempre”, porém, ressaltou “os tempos que vivemos nos exigem isso” e “um amanhã diferente, melhor e de mudança logo chegará”.

Postar um comentário

0 Comentários