A Lenda da Pedra da Batateira, de Fátima Teles, comporá acervo bibliográfico da Secult do Ceará

A Lenda da Pedra da Batateira, de Fátima Teles, comporá acero bibliográfico da Secult do Ceará. (FOTO/ Reprodução).

Por Nicolau Neto, editor

A obra “A Lenda da Pedra da Batateira”, da professora, poeta e escritora Fátima Teles comporá o acervo bibliográfico das bibliotecas do Estado do Ceará que agrega mais de 400 espaços.

O anúncio foi feito Editora Premius. Segundo a editora, o livro foi selecionado pela Lei Aldir Blanc e estará em breve acessível e disponível para leitura.

Em suas redes sociais, Fátima Teles, que também é Colunista deste Blog, descreveu a notícia como grande felicidade mesmo entendendo que o tempo é de tristeza em face da pandemia que já vitimou mais de 300.000 mil pessoas. “Sei que o tempo é de tristeza, mas não podemos deixar de nos alegrar quando a alegria nos visita”, disse.

Agora as bibliotecas do Ceará receberão o livro A Lenda da Pedra da Batateira para que a juventude possa conhecer um pouco da Literatura Regional e saber da nossa História e dos nossos povos originários”, escreveu.

O Livro

Na obra, há um relato dos povos Kariri contada por dona Maricotinha que representa a figura feminina das avós. O livro tem a finalidade de buscar o fortalecimento do sentimento de pertencimento, a fim de que se possa compreender nossas origens. As ilustrações são do figurinista João Alves, natural de Brejo Santo.

Postar um comentário

0 Comentários