Novo decreto no Ceará permite aulas presenciais para educação infantil e 1ª e 2ª séries do fundamental

 

Novo decreto no Ceará permite aulas presenciais para educação infantil e 1ª e 2ª séries do fundamental. (FOTO/ Reprodução/ Facebook).

Por Nicolau Neto, editor

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), anunciou neste sábado (10), durante transmissão ao vivo, um novo decreto que visa conter o avanço da pandemia da Covid-19 no Estado. Acompanhado do Secretário Estadual da Saúde, Cabeto, Camilo disse que o decreto flexibiliza o isolamento social rígido a partir desta segunda-feira (12).

Dentre os setores que passam por mudanças está a educação. As escolas foram autorizadas a terem aulas presenciais na educação infantil até cinco anos e para os dois primeiros anos do ensino fundamental, mas respeitando o limite de 35% de sua capacidade.

Outra mudança e já esperada foi com relação a abertura gradual das atividades comerciais não essenciais que podem reabrir com 25% de sua capacidade, em horários diferenciados e respeitando todas as normas recomendadas pela OMS.

O novo decreto retirou o Ceará do lockdown, mas o deixa ainda em isolamento social e com toque de recolher segunda a domingo entre 20h e 05h da manhã. Outras atividades, porém, continuaram sem autorização, assim como os espaços públicos.

Segundo o governador, o novo decreto será publicado no Diário Oficial do Estado ainda neste sábado. “Reforço que a situação ainda é de alerta, com muita gente precisando de atendimento médico. Não podemos relaxar. Essa abertura gradual só poderá prosseguir com todos os cuidados sendo tomados. Vamos evitar aglomeração e sempre usar máscara”, disse.


Postar um comentário

0 Comentários