Destaque 43 é aprovado na Câmara e professores poderão se aposentarem com idade menor


Destaque 43 é aprovado na Câmara e professores poderão se aposentarem
com idade menor. (FOTO/Reprodução/Facebook).


Texto | Nicolau Neto

Por 465 votos favoráveis e apenas 25 contrários, foi aprovado pelo plenário da Câmara nesta sexta-feira, 12, o destaque 43 apresentado pelo do PDT à proposta da reforma da Previdência.

O objetivo do destaque apreciado é reduzir a idade exigida do professor para se aposentar pelo pedágio de 100% do tempo de contribuição que faltar na data de publicação da futura emenda constitucional.

No texto-base, professoras teriam que atingir idade mínima de 55 anos, enquanto que os professores 58. Com o destaque, 52 anos no caso das mulheres e 55 para homens. Desta feita, docentes da educação infantil e do ensino básico poderão conseguir a aposentadoria com cinco a menos que o exigido para os demais trabalhadores.

Idilvan Alencar durante defesa da aposentadoria dos professores.
(FOTO/Reprodução/Facebook).

Um dos principais articuladores e defensores do destaque 43, o Dep. Federal pelo Ceará, Idilva Alencar (PDT), usou suas redes sociais para anunciar a aprovação. “Gostar de professor e defender a Educação deveria ser pré-requisito para ser político nesse país”, disse ele ao defender a aposentadoria dos professores.

Para ele o destaque aprovado não era o que queria, mas foi o que deu para conseguir, a amenização das regras: 

Lutei para retirar os professores da reforma. Perdemos.
Lutei para amenizar as regras. Ganhamos.
Não era o que queríamos, mas conseguimos uma redução de três anos na idade mínima através da nossa emenda.
Podem ter certeza, minha posição neste Parlamento vai ser trabalhar muito todos os dias para representar aqueles que confiam em mim”, complementou.

Postar um comentário

0 Comentários