Secult Ceará realiza Seminário Chapada do Araripe Patrimônio da Humanidade

(FOTO | Hélio Filho).

A Secult Ceará realizou Seminário “Chapada do Araripe Patrimônio da Humanidade”, nesta terça (7), no Crato. Na ocasião, o secretário da Cultura do Estado do Ceará, Fabiano Piúba, apresentou a Carta “Chapada do Araripe - Somos Patrimônio da Humanidade”, destinada ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). A carta tem o objetivo de repactuar, junto a gestores públicos e instituições envolvidas, a iniciativa da Campanha da Chapada do Araripe como Patrimônio da Humanidade.

Em sua fala de abertura, representando a governadora Izolda Cela, Fabiano Piúba ressaltou que no início de 2023 a Chapada do Araripe irá integrar a lista indicativa do Iphan, que seleciona os bens que concorrem à chancela de Patrimônio da Humanidade junto à Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

Durante a abertura do seminário estiveram também presentes o secretário do Meio Ambiente do Ceará, Artur Bruno, por meio de vídeo; o reitor da Universidade Federal do Cariri, Ricardo Ness; o vice-reitor da Universidade Regional do Cariri, Carlos Kleber; o vice-prefeito do Crato, André Barreto; o prefeito de Santana do Cariri, Samuel Werton; o prefeito de Potengi, Edson Veriato; o prefeito de Salitre, Dorgival Pereira Filho; o sociólogo e ex-ministro da Cultura, Juca Ferreira; o gerente de Cultura do Sesc-CE, Alemberg Quindins; a educadora e integrante do Grupo de Valorização Negra do Cariri, Valéria Carvalho; e a presidenta do Instituto Dragão do Mar, Rachel Gadelha.

_______________

Com informações da Secult CE.

Postar um comentário

0 Comentários