Enem 2022 tem o segundo menor número de inscritos da história, perdendo apenas para a edição de 2021

 

(FOTO |Gety Images).

O Ministro da Educação, Victor Godoy, divulgou nesta sexta-feira (3) que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano registrou 3.396.597 inscrições confirmadas. Com esse número a edição 2022 alcança a segunda pior campanha da sua história em termos de participação, superando apenas a edição 2021 com 3.109.800 inscritos.

As inscrições confirmadas são aquelas feitas por estudantes que ganharam a isenção da taxa de inscrição e por aqueles que tiveram o pagamento da taxa confirmado. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) não informou o total de inscrições recebidas.

O ministro também informou que houve um crescimento de quase 40% no número de isenções. São 1.368.244 (40,28%) pagantes e 2.028.353 (59,72%) isentos da taxa. A taxa do Enem 2022 custou R$ 85.

De acordo com Bruno Eizerik, Diretor da Faculdade Monteiro Lobato (RS), ter menos jovens acessando o Ensino Superior pelo segundo ano consecutivo significa menos riqueza e desenvolvimento para o país.

Temos apenas 21% da população com idade entre 25 e 34 anos com nível superior completo no Brasil. Nessa mesma faixa etária, em países como Chile e Estados Unidos, o índice é respectivamente de 40% e 49%. É preciso que os governantes se deem conta que educação não é gasto, e sim investimento, que gera crescimento para o país”.


__________

Com informações do Brasil Escola.

Postar um comentário

0 Comentários