Adelita retira pré-candidatura e apoiará Elmano de Freitas no Ceará

 

Camilo Santana, Adelita Monteiro, Lula e Elmano de Freitas em evento no Ceará. (FOTO | Divulgação).

A pré-candidata ao Governo do Ceará pelo Partido Socialismo e Liberdade (Psol), Adelita Monteiro, decidiu retirar o seu nome do pleito e anunciou apoio a Elmano de Freitas, escolha do Partido dos Trabalhadores (PT) para disputar a chefia do Executivo estadual nas eleições de 2022. Ela concorrerá agora a deputada federal.

Em comunicado oficial publicado na noite dessa quarta-feira (3), a sigla explica que a decisão ocorreu a "pedido do presidente Lula" com o intuito de aderir à unidade das esquerdas e partidos progressistas do Ceará.

Segundo Adelita Monteiro, o petista "reforçou a necessidade de unificar o palanque no Ceará e construir uma grande frente para as eleições". Isto ocorreu em duas ocasiões, no último dia 30 de julho em convenção do PT no Ceará e nessa terça-feira (2) em Campina Grande (PB).

"O momento político que nosso país atravessa não nos permite colocar projetos pessoais acima do compromisso histórico que temos pela frente. É preciso ter sensibilidade para compreender o papel de cada um. Nossa prioridade é eleger Lula no primeiro turno", garantiu.

VAGA NA CÂMARA

Ainda nos encontros com o ex-presidente, Adelita afirmou que foi "convencida" a disputar uma vaga na Câmara Federal tendo em vista o "projeto popular" em construção por Lula.

"Minha responsabilidade é com o povo cearense e, por isso, trabalharei dia e noite para derrotar o bolsonarismo e eleger Lula Presidente, Elmano Governador e Camilo Senador".

___________

Com informações do Diário do Nordeste.

Postar um comentário

0 Comentários