Passaporte para Liberdade: por que historiadores dizem que Aracy de Carvalho não foi heroína que série da Globo mostra

 

(FOTO/ Reprodução/ BBC News Brasil).

A série Passaporte para Liberdade, da TV Globo, conta a "história real e extraordinária da brasileira que salvou centenas de vidas durante a Segunda Guerra Mundial".

A brasileira em questão é Aracy de Carvalho (1908-2011), que trabalhou no consulado do Brasil em Hamburgo, na Alemanha, durante o regime nazista.

Aracy teria burlado regras para dar vistos brasileiros a judeus alemães que tentavam escapar do país.

Mas o historiador Fábio Koifman diz à BBC News Brasil que isso é um mito.

Ele e o historiador Rui Afonso, dois pesquisadores com mais de 20 anos de experiência nessa área, investigaram os vistos concedidos a alemães no consulado de Hamburgo entre 1938 e 1939.

"As evidências mostram que não havia heroína nenhuma nesta história", afirma Koifman.
-------------

As informações são da BBC News Brasil. 

Postar um comentário

0 Comentários