Sem Lula, votos nulos ou brancos podem chegar a 40%, dizem pesquisas


Máscaras de Lula. (Ricardo Stuckert).

Quando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) aparece fora da disputa pelo Planalto, o não voto, ou seja, os votos brancos e nulos, crescem em 23 Estados e no Distrito Federal, de acordo com as pesquisas eleitorais.

O ex-prefeito do Rio de Janeiro e reconhecido analista político-eleitoral, Cesar Maia, vereador pelo DEM na cidade do Rio de Janeiro, afirma que a probabilidade de que na eleição para presidente os votos brancos, nulos e a abstenção possam alcançar 40% ou mais é muito grande.

No Nordeste, principal base eleitoral do ex-presidente Lula, os números são maiores ainda. Em Alagoas, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe os níveis são de 40% ou mais.

A expectativa do PT é a de que boa parte do espólio eleitoral de Lula possa ser transferida para o provável candidato do partido à Presidência, Fernando Haddad. (Com informações da Revista Fórum).

Postar um comentário

0 Comentários