“Temos potencial para abolir o racismo e todas as outras formas de opressão”, diz professor Lourenço Cardoso


O historiador e sociólogo Lourenço Cardoso. (FOTO/ Arquivo Pessoal).

Por Nicolau Neto, editor-Chefe

O historiador, sociólogo e professor do Instituto de Humanidades da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), no Ceará, Lourenço Cardoso, é um dos pesquisadores mais conhecidos do país quando o assunto é racismo e a luta antirracista relacionada a branquitude.

Na sua tese de doutorado publicada em 2014 pela Faculdade de Ciências e Letras da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp), Cardoso abordou “O branco ante a rebeldia do desejo: um estudo sobre a branquitude no Brasil” e no ano passado cedeu entrevista ao Site El Pais onde tratou sobre o branco como objeto de pesquisa dos negros, das distintas maneiras de branquitude, bem como a respeito da “caixa de pandora” que com o advento da internet deu anonimato ao racismo no mundo. Na entrevista, Cardoso também relata o que ele considera as muitas vantagens raciais dos brancos.

Abaixo está o link da entrevista do professor Lourenço Cardoso ao El Pais:

Lourenço Cardoso:“Temos potencial para abolir o racismo e todas as outras formas de opressão”

Postar um comentário

0 Comentários