ALB/Seccional Araripe promove cerimônia de preito de gratidão aos novos patronos


Acadêmicos e acadêmicas da Academia de Letras do Brasil/Seccional Araripe durante cerimônia de entrega do preito de gratidão aos novos patronos. (Foto: Aristóteles Alencar).

Patronos são os exemplos que devemos seguir em honradez, simplicidades e serviço prestado para o desenvolvimento histórico-cultural”, foi com essa assertiva que a Academia de Letras do Brasil/Seccional Araripe promoveu na noite desta sexta-feira, 24, no município de Araripe, a cerimônia visando entregar preitos de gratidão a familiares dos mais novos patronos da entidade.

O evento foi marcado por uma celebração eucarística realizada pelo pároco Vileci e prosseguiu com a entrega do preito pelo então acadêmico e presidente da seccional, Francisco Adriano. Dentre eles, elenca-se o poeta altaneirense Antônio Rodrigues (Ribuliço), patrono da professora Socorro Lino, o folclorista e um dos principais representantes da cultura popular de Altaneira a partir da Banda Cabaçal, João Sabino Dantas, que figurou no imaginário do município como João Zuba, representado por este professor e blogueiro e a professora e artesã Maria Constância da França Muniz, representada pela professora e blogueira Lucélia Muniz.

Todos os demais patronos que compõem hoje a academia foram lembrados, a saber: Fausta Venâncio David (Professora), Noemi de Alencar Arraes (Escritora), José Pereira de Lima (Político), Elói Francisco da Silva (Empresário), Raimundo Araújo Silva (Padre), Antônio Nunes Alencar (Homem Público), Manuel Januário do Nascimento (Latifundiário), Feliciano Ferreira da Silva (Latifundiário), Higino Teles de Menezes (Latifundiário), Generosa Amélia da Cruz (Política), Miguel Dalmir Rodrigues (Músico), José Oêmio Timotio de Arruda (Técnico Agrícola), Manuel Vieira de Albuquerque (Comerciante),  José Freire de Gusmão (Militar), Maria Emília de Alencar Barbosa (Professora), Antônio Paulino de Lima (Sapateiro), Antônio José de Lira (Construtor), Euclides Guedes Rodrigues (Dentista), Antônio Alves Cavalcante (Político), José Júnior Leite, Antônio Girão Barroso (Poeta e Escritor),  Alexandre (Enfermeiro Prático),  Ezequiel Pereira de Amorim, Antônio Mendes Amorim, José Alves Batista (Político), Theodolina Rodrigues (Professora), Alexandre Alexandrino de Alencar (Político), Luiz Otacílio Rodrigues (Pecuarista), Maria Vera Lúcia Rodrigues de Alencar (Funcionária Pública),  Maria Luiza Leite (Professora) e Antônia Rosa Ribeiro.

Nicolau Neto recebendo o preito de gratidão das mãos do presidente da ALB/Araripe, Francisco Adriano.

Mais de 20 acadêmicos, entre novatos e veteranos, acompanhados de familiares dos patronos participaram do momento. Adriano afirmou que se sentiu muito feliz com a cerimônia. “Caríssimos acadêmicos, estou felicíssimo com tanta festa, com tantas homenagens, com tudo... Muito obrigado. Felicidades a todos. Meus agradecimentos”, disse. Segundo ele, a posse está marcada para outubro.

Sandro e Nicolau. (Foto: Arlindo)
A Academia de Letras do Brasil (ALB) se configura como uma entidade nacional e que está presente em 80% do território brasileiro e com atuação fora do país. No Ceará, ela chegou em 02 de julho de 2016 e já conseguiu empossar 55 (cinquenta e cinco) membros fundadores efetivos e vitalício.

No município de Araripe, a Seccional foi instalada no dia 27 de outubro de 2017 e representa ainda as cidades de Altaneira, Campos Sales, Potengi, Salitre e Santana do Cariri.

O professor santanense e acadêmico Raimundo Sandro Cidrão que esteve presente no evento, usou a rede social facebook para desejar boas-vindas a este signatário. “Meu caro aluno Nicolau, agora vendo-o membro da ALB/ARARIPE-CE, cresce minha admiração por você, e alegra-me sobremaneira, pelos frutos profícuos que seu trabalho, com certeza trará, para nossos pares nessa confraria. Seja bem- vindo!”, disse.

Este professor, palestrante, blogueiro e ativista dos direitos civis e humanos das populações negras ocupará a cadeira de número 33. 

Abaixo outras fotos:

Lucélia Muniz e Nicolau Neto. (Foto: Aristóteles Alencar).

Arlindo e Nicolau Neto. (Foto: Sandro Cidrão).

Arlindo, Nicolau e Sandra Agra. (Foto: Sandro Cidrão).
Nicolau Neto, Francisco Adriano e Sandro Cidrão.


Postar um comentário

0 Comentários