Nova Olinda, no cariri cearense, terá Comitê Lula Livre


Professores (as), sindicalistas, vereadores (as) e estudantes em Nova Olinda durante ato contra a Reforma da Previdência. (Foto: Lucélia Muniz).

Em sedes de partidos, associações, em veículos automotivos e até mesmo em residência popular, os ativistas e as ativistas de todo o país têm mostrado o poder de organização, de mobilização e que resistir em prol da defesa da democracia, da liberdade do ex-presidente Lula e do seu direito de se candidatar e, por conseguinte, participar dos debates ainda é possível.

Nova Olinda, município do cariri cearense, se juntará a mais de dois mil comitês populares espalhados pelo Brasil. A iniciativa partiu da professora e vice-presidente local do Partido dos Trabalhadores (PT), Socorro Matos que usará sua casa para o lançamento do comitê.

O evento está previsto para às 17 horas do dia 26 de agosto e contará com a participação de Elmano de Freitas e José Guimarães – Deputado Estadual e Federal -, respectivamente.

Os comitês populares funcionam como um agrupamento de ativistas ou não, com filiação partidária ou não, sindicalistas ou não, que resistem à retirada de direitos, aos abusos do Judiciário, à parcialidade da Justiça e à tentativa de corromper a eleição de 2018 a partir do impedimento do ex-presidente Lula. A intenção é também distribuir materiais, ajudar no esclarecimento da população e promover atos nas cidades ou bairros.


Postar um comentário

0 Comentários